Guia de Eventos de Setúbal

A sua pesquisa não obteve nenhum resultado
ver A dança da vida setembro 2020

Edvard Munch é conhecido sobretudo por O grito, mas a sua obra está repleta de surpreendentes quadros feitos no seu peculiar estilo de pinceladas largas e longas, manchas com cores fortes e ausência de detalhe. Trata-se de caraterísticas do Expressionismo, movimento que ele antecipou uma década e meia.Munch é oriundo duma família onde houve diversos problemas de saúde e mortes precoces, tendo ele sofrido toda a vida com problemas ...

compasso Anna Pavlova setembro 2020

Talento, técnica e tenacidade: são algumas das qualidades que um grande bailarino deve possuir. Para se tornar um artista de renome internacional, significa estar um pouco acima dos demais. São verdadeiros exemplos de dedicação e força de vontade. Ser bailarina não é só de corpo, é de alma. Ser bailarina é contagiar alegria e doçura no olhar. É dançar como o vento move as folhas. É ...

ver Pietà março 2020

Domenikos Theotokopoulos nasceu em Creta, onde se iniciou na pintura. Com cerca de 26 anos vai para Itália (Veneza e Roma), onde aperfeiçoa a sua técnica. Nove anos depois instala-se em Espanha (Toledo), onde produz as suas muitas e surpreendentes obras de maturidade. Ficou para a História como El Greco. Certamente o seu percurso singular o terá ajudado a construir uma estética tão própria, que se carateriza por uma luz ...

leituras Os dramas humanos na mesa cirúrgica da literatura março 2020

Peter Handke ganhou o Prémio Nobel da Literatura em 2019, o que levantou um coro de protestos nos média mainstream ao serviço do pensamento dominante. Handke causou enorme controvérsia quando denunciou a política belicista da NATO que levou ao desmembramento da Jugoslávia(1) e quando fez o elogio fúnebre de Milosevic, que foi absolvido pelo Tribunal Internacional de Haia. Uma atitude corajosa que lhe valeu o ostracismo que, ao fim de muitos ...

compasso Sobre a música e a liberdade março 2020

Há um ano atrás o Festival de Música de Setúbal trouxe à ordem do dia alguns dos mais inquietantes contributos a que assisti sobre a forma como a música pode ser um exercício de liberdade. Falou-se de condição mental, doenças degenerativas, integração e dignidade. E dois dos relatos que mais me impressionaram relacionavam a música com contextos particularmente severos: prisões e zonas de ...